sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

2011: Ofensiva imperialista, crise capitalista e lutas dos povos

O ano de 2011 termina com a situação internacional marcada por insanáveis contradições econômicas e políticas. Os aspectos mais salientes e indissociáveis são o aprofundamento da crise multidimensional do capitalismo e a intensificação da ofensiva militarista e belicista do imperialismo norte-americano e seus aliados da União Europeia. A guerra contra a Líbia foi, durante o ano que se encerra, a mais brutal manifestação dessa ofensiva.

Uma vez mais, o imperialismo estadunidense e seus aliados do velho continente fizeram valer a política de força, instrumentalizaram as Nações Unidas, transformaram em pó e cinza as normas do direito internacional e mostraram que o multilateralismo, quando referido pelos líderes dessas potências, não passa de uma palavra vazia, funcional a uma estratégia de dominação do mundo pelos grandes potentados. O que vale mesmo, para fazer valer os interesses de rapina dos donos do mundo é o belicismo e o militarismo, a profusão de bases militares, o aumento das despesas militares e a ação de seus braços armados, como a Otan, na plena vigência do novo conceito estratégico. As potências imperialistas não se detêm e levam adiante os seus planos hegemônicos, para o que prosseguem cometendo graves atentados contra as soberanias nacionais, a paz mundial, a segurança internacional, os direitos dos povos.

A ofensiva imperialista aumenta e agrava os focos de tensão, principalmente no Oriente Médio. Na sua alça de mira estão agora a Síria e o Irã e na perspectiva estratégica a China. A guerra contra a Líbia visava a ocupação militar da África e a instalação do chamado Comando Africano, o Africom. Mas a mirada estratégica imperialista volta-se também para o extremo oriente. A propaganda histérica feita contra a Coreia do Norte nas últimas semanas, que confunde mentes e espíritos incautos, combina-se com jogadas diplomáticas e pressões militares para manter sob controle uma região decisiva na disputa pelo domínio da Ásia. Tem o mesmo sentido o anúncio recente de instalação de mais bases militares estadunidenses na Oceania.

A par dessa ofensiva, caracterizou o ano de 2011 o aprofundamento da crise sistêmica do capitalismo, a partir principalmente dos Estados Unidos e Europa. A crise revela a intensificação das contradições insanáveis do capitalismo, cria um cenário que dissipa ilusões, atesta a falência das políticas neoliberais da direita e as falsetas oportunistas da social-democracia.

A crise econômica transbordou para a política e teve momentos dramáticos, quando os líderes da União Europeia foram obrigados a dar declarações catastrofistas, atestando o nervosismo que tomou conta dos círculos imperialistas. A própria existência desse bloco monopolista ficou ameaçada. Na esteira da crise, evidencia-se também o esgotamento dos arranjos políticos devido à falência tanto dos grupos conservadores como dos sociais-democratas.
2011 foi também um ano de grandes lutas. No Oriente Médio, os povos se alçaram em busca de democracia, soberania e direitos sociais, malgrado as tentativas das potências imperialistas para instrumentalizar e desvirtuar essas lutas a seu favor. Na Europa e nos Estados Unidos, com clareza meridiana manifestou-se a luta de classes. Os trabalhadores demonstraram com memoráveis greves gerais e combativas ações de rua o seu descontentamento com as políticas opressivas dos governos burgueses e se posicionaram frontalmente por novos rumos.

Cresceu e adquiriu uma dimensão política inaudita a luta do povo palestino por seu Estado nacional independente. Da heroica intifada e dos conflitos de rua contra as forças sionistas, essa luta galvanizou agora as atenções da própria ONU, só não sendo vitoriosa mercê da pressão política e chantagem econômica que os Estados Unidos e os sionistas israelenses exercem sobre não poucas chancelarias pelo mundo.

Na América Latina, avança a luta dos povos, que acumulam conquistas nos terrenos social, econômico e político. A Revolução Bolivariana caminha para mais um triunfo eleitoral na Venezuela, dirigida pelo líder anti-imperialista Hugo Chávez. Especial significado adquirem as vitórias políticas, econômicas, sociais e no terreno ideológico da Revolução Cubana, que promove vitoriosamente a atualização de seu modelo econômico, mantendo as conquistas e os princípios revolucionários do socialismo.

No quadro latino-americano, a constituição da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos - Celac, é uma vitória histórica das forças anti-imperialistas e patrióticas, uma elevada expressão do novo momento progressista que a região está vivendo.

Com o mesmo otimismo histórico observamos o desenvolvimento da situação no Brasil. Na vigência do terceiro governo das forças democráticas e progressistas, agora sob a liderança da presidente Dilma Rousseff, o Brasil vai reunindo condições políticas para deter a ofensiva neoliberal e avançar nas conquistas que pavimentarão o caminho para a construção de uma forte nação progressista, democrática e independente, um país capaz de desempenhar no mundo um papel contra-hegemônico e anti-imperialista.

O pior erro que nosso povo e as forças políticas progressistas com responsabilidades no poder nacional cometeriam no atual momento seria imaginar que o país está com seus problemas equacionados, já ocupa um lugar de destaque no mundo, está com a questão social encaminhada e a democracia consolidada. Não! Há ainda muito a fazer, muita luta a encaminhar para romper os entraves ao desenvolvimento nacional soberano e à emancipação do povo brasileiro.

As classes dominantes retrógradas e os agentes do imperialismo em nosso país pretendem impor a sua agenda. Querem continuar governando, apesar das derrotas políticas e eleitorais que sofreram na última década.

Mais do que nunca o Brasil precisa de pensamento estratégico e de sinergia entre os partidos progressistas, o governo e os movimentos sociais, que elabore e consubstancie um programa de luta capaz de despertar e mobilizar as energias criadoras do povo e fazer valer a sua vontade ainda encoberta.

É necessário promover a mais ampla unidade das forças democráticas, patrióticas e populares para forjar um projeto nacional, democrático e popular, levando a bom termo e às últimas consequências a plataforma de luta por um novo modelo político e econômico e pelas reformas estruturais democráticas, que efetivamente promovam mudanças de fundo no país.

Que em 2012 o povo brasileiro avance nessa direção. São os votos do Portal Vermelho.

Cantar... A beleza de ser um eterno aprendiz

Muito legal a confraternização dos músicos de Tarauacá realizado na sede do Sinteac. Quem não compareceu perdeu uma oportunidade rara. Muito bom ouvir, todos os músicos da terra cantando, até eu que q não canto, cantei.rs

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

CPI pretende provar propinas e ligá-las a privatizações de FHC

As primeiras menções que a grande imprensa vem fazendo à ressurreição do escândalo das privatizações da era Fernando Henrique Cardoso, ressurreição essa desencadeada pelo livro A Privataria Tucana, têm sido no sentido de desqualificar e minimizar as denúncias. A desqualificação se dá em relação ao autor da obra, como todos sabem, mas pouco tem sido dito sobre a minimização do que ela denuncia.

A imprensa minimiza as denúncias dizendo que não estabelecem ligação entre a surpreendente movimentação internacional de pequenas fortunas por parentes e assessores do ex-ministro, ex-prefeito e ex-governador José Serra e o processo de privatizações empreendido pelo governo federal do PSDB (1995-2002). Além disso, esses órgãos de imprensa acusam as denúncias de ser “requentadas” por já terem sido divulgadas por eles mesmos.

É surpreendente como às vezes é difícil enxergar as coisas com clareza. Notem que em nenhum momento esses órgãos de imprensa questionaram as denúncias ou negaram que alguma afirmação contida no livro seja verdadeira. E não fizeram isso simplesmente porque o livro comprova que filha, genro, marido da prima e tesoureiro de campanha de Serra, pelo menos, envolveram-se em movimentações financeiras das quais ninguém sabe a origem e que, essas sim, constituem fatos novos.

As relações perigosas do ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil e ex-tesoureiro de campanha de Fernando Henrique Cardoso e José Serra, Ricardo Sergio de Oliveira, com o empresário Carlos Jereissati, irmão do tucano Tasso Jereissati, bem como as offshores, os doleiros, o duto formado pelo MTB Bank e o Banestado, toda aquela rede suspeita e sua movimentação criminosa foram alvos da CPI do Banestado, em 2003. Todavia, nunca foram vistas provas tão sérias de que Verônica Serra enriqueceu muito, rapidamente e ainda muito jovem. LEIA MAIS

DESENVOLVIMENTO: EMPRESA RI INAUGURA GRANDE EMPREENDIMENTO NO CORCOVADO.

O empresário Raimundo Damasceno recebe homenagem pela qualidade do empreendimento: O posto de combustível inaugurado nesta terça (26) em Tarauacá está entre os cinco mais moderno da região norte.

FELIZ ANIVERSÁRIO E ANO NOVO CAMARADA!!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011


SEM MEDO E SEM FRAUDE











Sem medo, internautas declaram abertamente a intenção de voto para Prefeito de Rio Branco na eleição de 2012

Publicada inicialmente no Facebook, a Enquete Acrealerta.com “Em quem você votaria para Prefeito de Rio Branco na próxima eleição?” considerou apenas os quatro pré-candidatos que receberam maior número de indicações pelos nossos visitantes, sendo eles: Perpétua Almeida [PCdoB], Tião Bocalom [PSDB], Fernando Melo [PMDB] e Marcus Alexandre [PT].

Notadamente, apesar da massiva participação dos internautas nas Enquetes Acrealerta.com, não observamos a divulgação dos resultados por nenhum veículo de comunicação, garantindo a exclusividade dessa matéria.

Os números que não querem calar

Em apenas um mês, a Enquete Acrealerta.com para Prefeito de Rio Branco já registra mais de 1.400 votos, desconsiderando os “Fakes” (perfis falsos). O número não seria surpreendente se a participação não fosse espontânea e demandasse demasiada coragem do internauta em declarar publicamente sua intenção de voto. O medo de expressar livremente a intenção de voto, mesmo acerca de um direito assegurado constitucionalmente, era o maior desafio a ser superado.

Para se ter uma idéia do volume de participação, uma pesquisa IBOPE para eleição presidencial realiza amostras médias de 2.500 entrevistas, usualmente com amostras mínimas de 300 pessoas por município pesquisado, sendo que no Brasil, nas eleições de 2010, registrou-se mais de 136 milhões de eleitores, segundo o TSE.

Além da massiva votação, a participação de personalidades políticas, empresários renomados, funcionários públicos e trabalhadores da iniciativa privada representam o principal indicador de credibilidade das Enquetes.

Os favoritos dos internautas

Se a eleição fosse hoje, considerando especificamente o universo dos usuários do Facebook, Perpétua Almeida [PCdoB] seria a mais votada seguida por Tião Bocalom [PSDB], com 39,1% e 27,3% das intenções de voto, respectivamente.

Fernando Melo [PMDB] ocuparia a terceira posição com 14,9% e, Marcus Alexandre [PT], o candidato dos irmãos Viana, apenas a pífia e última posição com 12,2% das intenções de voto. Os participantes que votariam em outro candidato somam 6,5%.

É evidente que os resultados de uma enquete realizada a quase um ano da eleição apenas indica o grau de conhecimento de uma parcela do eleitorado acreano em relação aos pré-candidatos, medindo basicamente a simpatia ou antipatia que cada um deles desperta. Assim, o cenário atual certamente não será o mesmo do dia da votação. Mas, feita essa ressalva, a enquete mostra tendências, indica dificuldades e, principalmente, cria um fato político. LEIA MAIS

domingo, 25 de dezembro de 2011

Balanço da América Latina 2011

O ano foi de confirmação das tendências da década anterior, mesmo no marco do aguçamento da crise econômica internacional, cujos efeitos voltaram a sentir-se de maneira direta na economia dos países do continente.

Neste segundo ciclo da prolongada crise econômica internacional, os países que privilegiam a integração regional, da mesma forma que em 2011, conseguiram resistir e não entrar em recessão, apesar de que tiveram que diminuir seus ritmos de crescimento, pela diminuição da demanda dos mercados do centro do capitalismo e pela diminuição dos créditos.

A novidade foi que, se em 2008, surpreendidos pela crise, os países trataram de defender-se dos seus efeitos em nível nacional, desta vez se avançou na coordenação das políticas regionais, especialmente através da Unasul, para coordenar o uso das suas divisas, avançar na desdolarização do comércio regional e intensificar seus centros de financiamento regional, como o Banco do Sul e a Coordenação Andina de Fomento.

Do ponta de vista político geral, a eleição de Ollanta Humala como presidente do Peru foi o acontecimento politico novo, confirmando as tendências gerais na região. A reeleição de Cristina Kirchner consolida os governos progressistas na Argentina. No primeiro caso, um país que tinha assinado um Tratado de Livre Comércio com os EUA, se desloca da esfera de influência prioritária de Washington, para aproximar-se dos processos de integração regional. No segundo, a confirmação das tendências gerais na região de que, governos progressistas, que centram sua política no desenvolvimento econômico e social, com eixo em políticas sociais redistributivas, conseguem amplo apoio popular e tem sido reeleitos ou tem eleito seus sucessores.


Se estende assim a gama de governos progressistas, incorporando agora o Peru e desarticulando a tentativa norteamericana de construir um eixo do Pacifico – com Peru, Chile, Colombia a que se uniria o México – como contraponto ao Mercosul e à Unasul.

Unasul teve avanços importantes, sob direção colombiana, demonstrando como a Colombia estendeu um dos seus bracos para os processos de integração regional, enquanto continua seus tramites para assinar um TLC com os EUA.

Este fenômeno, junto ao movimento novo do Peru e às manifestações no Chile contra Pinera, diminuíram ainda mais a influência dos EUA na região, ainda mais que o desgaste do governo do México e o clima pre-eleitoral que passa a se instalar nesse país, com certas possibilidades de vitória do candidato de esquerda – Lopez Obrador – nas eleições de julho do próximo ano 2012.

Os governos progressistas tiveram que enfrentar conflitos internos, menos com a direita – em geral derrotada, embora seu segmento midiático continue forte – e mais com contradições dentro do campo popular. O caso boliviano foi o mais agudo, embora, o tema esteja presente em outros países, como o Equador, a Argentina, o Brasil.

Esses novos conflitos, dentro do campo popular, se dão em torno do problema não resolvido entre desenvolvimento econômico e equilíbrio ecológico, que afeta a construção de estradas, de represas, de usinas de energia, entre outros. Quando se estremam as posições, resta um desenvolvimentismo tecnocrático por um lado, um preservacionismo conservador por outro, tornando antagônicas contradições que o campo popular não tem conseguido resolver através do diálogo.

No caso da Bolivia, somando-se ao fracassado “gasolinazo” de dezembro de 2010 e outros conflitos setoriais, representou reveses para o governo Evo, que trata agora de recuperar sua liderança, um dos baluartes do fundamental processo de transformações boliviano. Nos outros países permanecem tensões, que as vezes se expressam em conflitos políticos, as vezes não, mas que permanecem sem solução ou com soluções pelas vias de fato – ou obras que terminam avançando ou outras, inviabilizadas, sem discussão e acordo politico, sobre um tema que so’ tende a se agudizar.

A perspectiva para 2012 é a de projeção do marco econômico atual, com diminuição do ritmo de crescimento das economias, mas sem cair na recessão. Do ponto de vista político, as eleições no México e na Venezuela são os dois acontecimentos de maior projeção. Na Venezuela, Hugo Chavez é o favorito para mais um mandato, com a recuperação da economia, novos programas sociais, enquanto a oposição, apesar da promessa de unificação, continua sem uma liderança com hegemonia e apoio popular. Dez pré-candidatos se apresentam, facilitando provavelmente a vitória de Hugo Chavez.

No México, o fracasso do governo Calderon marca o fim dos dois mandatos do PAN e uma disputa entre o velho PRI e o PRD. Pena Nieto, pelo PRI e Lopez Obradoz, pelo PRD, polarizam a disputa, com favoritismo, por enquanto do PRI, pela força da estrutura nacional recomposta do partido, pelos governos estaduais que detem e pelo monopólio da mídia. Lopez Obrador conta com um trabalho de base desenvolvido ao longo de cinco anos e com a imagem de democratização e luta contra a corrupção, podendo surpreender, o que fará com que as atenções dos EUA estejam voltadas no próximo ano centralmente nas eleições mexicanas.

Emir Sader

sábado, 24 de dezembro de 2011

Celebrar o Natal

Mais um ano está chegando ao fim. Amanhã é natal. Aproveito o a oportunidade para agradecer os bravos leitores do blog que nos brindaram com suas visitas. Aqui são expostas minhas opiniões politicas e causas que considero elevada e civilizatórias.

Aqui não há espaços para banalidades e tragédias. Vamos continuar assim, fazendo o bom combate para ajudar construir possibilidades de avanços progressistas, justiça social, realização de sonhos, e a elevação de valores humanos.

Neste natal, vamos celebrar a amizade, lealdade aos amigos e a causa mais cara que abraçamos e que gastamos os melhores dias de nossas vidas. Vamos lembrar das nossas crianças, dos nossos amigos que esquecemos ou deixamos de lado nessa guerra diária que nos consomem.

Vamos celebrar natal, a camaradagem, com sentimentos de paz e amor a Brasilidade, a acreanidade, amando e cuidando verdadeiramente do nosso lugar. Fazendo isso, sempre vamos ter orgulho pra dizer: O melhor lugar do mundo é aqui! Feliz Natal!!


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

MÚSICA DO DIA

Partido do Kassab já tem o primeiro prefeito na cadeia




No mês passado, a Polícia Civil de Ribeirão Preto (SP), informou que estava investigando a prefeita Dárcy Vera (ex DEM e atual PSD do Kassab) no esquema de fraude na distribuição de casas populares por meio da Companhia Habitacional Regional da cidade.


Agora, descobre-se que o primeiro prefeito do partido do PSD foi parar na cadeia ao ser descoberto comandando um esquema de corrupção


O Ministério Público Estadual realizou na segunda-feira (19), uma operação em conjunto com a Polícia Militar para combater um esquema de fraudes no município de Vila Flor, em Natal.


O prefeito da cidade, Grinaldo Joaquim de Souza (PSD), e mais cinco vereadores foram presos.De acordo com informações do MP na imprensa, as investigações que resultaram nas prisões foram feitas pela equipe do Grupo de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) de Natal.Os detitos estavam envolvidos em uma rede de corrupção envolvendo os Poderes Executivo e Legislativo municipal.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

PCdoB completa 90 anos em 2012

Fundado em 25 de março de 1922, o Partido Comunista do Brasil completa 90 anos em 2012. É uma longa existência de luta pelos direitos dos trabalhadores e do povo brasileiro, pela independência nacional, a democracia e o socialismo. Um partido internacionalista e solidário com as lutas libertadoras dos povos de todo o mundo. Carregue esta bandeira, filie-se ao PCdoB, lute com ele por um Brasil melhor, livre do imperialismo, da opressão e exploração. Lute por um Brasil socialista.

Uma revolução na compra da produção

O governo do estado assinou nesta terça (20) por intermédio da Seaprof e SEE, um contrato no valor de 1 milhão reais com as cooperativas Cooptar e Caet para compra produção dos agricultores familiares de Tarauacá.

Os recursos são do programa nacional de alimentação escolar. Mediante o contrato, as cooperativas se comprometem comprar os produtos diretamente dos agricultores e fazer a entrega dos produtos as escolas para os alunos da rede estadual de educação. 1 milhão para a compra da produção em Tarauacá é uma revolução social.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

The Guardian elege a Comunista Camila Vallejo “Personalidade do Ano”


A ex-presidente da Federação de Estudantes da Universidade do Chile recebeu 78% dos votos da enquete promovida pelo periódico. Camila superou personalidades relevantes, como o tunisiano Mohamed Bouazizi, que ateou fogo ao próprio corpo, e Wangari Maathai, queniana laureada com o Nobel da Paz que morreu este ano.

A pesquisa foi uma resposta à nomeação da figura do "manifestante" como personagem central do último ano pela revista "Time". O jornal britânico propôs, assim, que seus leitores escolhessem alternativas para essa decisão.

Além de Camila, que recebeu a maior parte dos votos, e Bouazizi, escolhido por 14,9% dos participantes, também foi sugerido o nome de Tariq Jahan, pai de uma das vítimas dos distúrbios no Reino Unido, que fez um pedido público para a calma.

Camila Vallejo, estudante de Geografia, foi uma das faces marcantes das mobilizações protagonizadas por estudantes e professores que eclodiram há sete meses no Chile visando a mudanças nas políticas educacionais do país.

Os manifestantes pediam a gratuidade da educação pública, uma melhora da qualidade do ensino e a proibição de lucros pelas universidades privadas.

Há duas semanas, Camila perdeu as eleições da Federação de Estudantes da Universidade do Chile nas quais buscava ser reeleita presidente e, desde então, ocupa a Vice-Presidência da organização.

Fonte: Operamundi

domingo, 18 de dezembro de 2011

MAQUINAS ASSASSINAS DEIXAM O IRAQUE

Comboio do Exército dos EUA deixa Iraque

Comboio do Exército dos EUA deixa fronteira do Iraque, neste domingo (18)


A coluna com mais de 100 carros blindados finalizou a retirada nas primeiras horas da madrugada, quando depois da passagem do último veículo se fechou a cerca que marca os limites entre esta nação mesopotâmica e o pequeno emirado do petróleo.

Enquanto o canal estatal Al-Iraqiya mostrava imagens da retirada, outros meios governamentais iraquianos mostraram as expressões de júbilo da imensa maioria dos cidadãos, alguns dos quais aludiram a este domingo como "dia da verdadeira libertação".

A maior parte dos soldados estava destacada na terceira brigada da Primeira Divisão de Infantaria e atravessou a estrada do deserto meridional em meio a uma vigilância atenta e grande sigilo, aparentemente por temer a algum atentado.

O despacho das tropas do Iraque, onde o Pentágono mobilizou quase 170 mil efetivos em 505 bases militares, se concretizou após três atos oficiais para encerrar uma ocupação que custou a Washington quase um bilhão de dólares, segundo dados oficiais.

Há alguns dias, o presidente estadunidense, Barack Obama, recebeu centenas de soldados que regressaram do Iraque e Fort Bragg e elogiou o que chamou de "sacrifícios extraordinários", depois da cerimônia de retirada da bandeira em uma base militar de Bagdá.

O ato, que marcou o fim oficial da ocupação, esteve encabeçado pelo secretário de Defesa norte-americano, Leon Panetta, que igualmente aludiu ao "alto preço em sangue e recursos" que significou para a Casa Branca a invasão, iniciada em março de 2003. Com Agencias

sábado, 17 de dezembro de 2011

Música do dia

Produtores avaliam as ações da Seaprof de Tarauacá

Um balanço da nossa gestão na Seaprof foi realizado hoje em clima de confraternização. Chamamos os produtores para avaliar o resultado das ações do Governo do estado na área da produção. Quase 400 trabalhadores e trabalhadoras, representando mais 40 associações, participaram do evento e aprovaram nosso trabalho. Um bom estímulo para seguirmos adiante.Veja mais no blog do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tarauacá.Os números detalhados do balanço e dos resultados das ações desenvolvidas, serão Publicados no Blog da Seaprof de Tarauacá que será Lançado neste sábado.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

TRANSFORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO NO BAIRRO CORCOVADO

O Bairro Corcovado vive um rápido processo de transformação e desenvolvimento. Somente este ano a antigo povoado ganhou importantes investimentos que mudou radicalmente sua paisagem e infra-estrutura.

A ponte sobre o rio Tarauacá, pavimentação de quase todas as ruas, projeto de regularização fundiária, com expedição dos títulos de propriedade dos moradores. Todo investimento feito pelo governo do estado.

Agora, antes e encerrar o ano o Empresário Raimundo Damasceno vai oi Colocar em atividade um dos maiores empreendimento do município. Inauguração de um moderno posto de gasolina, lojas, (conveniência) auditório, restaurantes, pizaria e apartamentos residenciais.

Esta semana fui convidado pelo o amigo empresário para conhecer todas as instalações da obra e participar de um curso de capacitação dos novos funcionários da empresa que vão trabalhar nas diversas atividades do novo empreendimento da empresa. Damasceno está qualificando e priorizando a juventude do próprio Bairro como forma de fazer justiça um lugar que ficou abandonado durante varias décadas, sem investimento infra-estrutura e oportunidade de emprego.

Parabéns o governador Tião Viana, o Empresário Raimundo Damasceno e toda a população do Corcovado.

Auditório
Restourante e pizaria
Posto de combustíveis




quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

LUTO: MORRE O CAMARADA VALDER

Fui surpreendido agora a tarde com a noticia do falecimento do Camarada Valdenisio Ferreira da Silva, o Valder como era conhecido. Pedagogo, Valder foi diretor das Escola João Ribeiro e José Augusto de Araújo. Exerceu a função de diretor do presídio Moacir Prado, onde realizou importante trabalho, sendo reconhecido como o melhor gestor das administrações penitenciária do estado do Acre. Foi também presidente do sindicato dos trabalhadores em Educação de Tarauacá e fiel militante do Partido Comunista do Brasil

O professor Valder se encontrava doente em Rio Branco lutando contra complicações de Diabete e Hepatite C. Valder estava em coma e não conseguiu resistir uma forte pneumonia generalizada que deixou seu sistema imunológico sem defesa.

Simplicidade e honestidade eram as características mais fortes do camarada Valder, que deixa sua família e todos nós com saudades. Que seu exemplo possa irrigar nossa terra para que possamos ser cada dia mais simples e comprometidos com a justiça. Suas lutas e conquistas serão eternizadas em nossa memória!

A direção do PCdoB de Tarauacá lamenta profundamente o falecimento do camarada Valder que deixa legado de abnegação e compromisso com as causas sociais e a luta do povo, um exemplo de militância e humanidade.

O corpo de Valder chegara em Tarauacá nesta sexta feira para ser velado.







Música do dia

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

UMA GRANDE MULHER: PATRÍCIA REGO É NOVA PROCURADORA GERAL DE JUSTIÇA DO ACRE
O governador Tião Viana anunciou na tarde desta terça-feira, 13, o nome da nova Procuradora-Geral de Justiça do Ministério Público do Acre (MPE), Patrícia Amorim Rêgo que responderá pelo cargo nos próximos dois anos. LEIA MAIS

Música do dia

Sebastião e Conceição: Essa estrada salva muitas vidas!

Hoje encontrei o casal Sebastião e Conceição na Beira do Rio Gregório. Ele com cara de preocupação e ela parecia sentir dor. De imediato me perguntaram se eu podia da uma corona até a cidade. Respondi que sim! Sebastião me falou que sua esposa conceição estava com uma forte hemorragia de uma possível gravidez.

Rapidamente entramos no carro e começamos velozes a correr. Depois de meia hora de corrida, apressado para chegar a cidade, me veio a curiosidade de perguntar se Sebastião já havia feito a mesma viagem a pé. Ele respondeu sem pensar duas vezes: “No tempo que a estrada não era asfaltada andei várias vezes, eu gasta dois dias inteiros".

Logo me veio uma outra curiosidade e perguntei: Então meu amigo, numa situação dessas de emergência em que a pessoa não podia andar e não existia asfalto, como vocês faziam pra socorrer o doente? Sebastião respondeu sem pestanejar: “Só existiam duas saídas: Colocar o doente numa rede, carregar três dias no atoleiro ou esperar a morte chegar, Esse asfalto salva muitas vidas, nós sabemos a impatancia dessa estrada para nossa vida”.

Fique pensando o quanto sofreu a população que habita a região, enganada e desrespeitada pelos sucessivos governos do mesmo grupo que hoje fala em moralidade e se avora para voltar ao poder. Se depender Sebastião e conceição isso nunca vai acontecer.

domingo, 11 de dezembro de 2011

O BRASIL SOLIDÁRIO

Neste sabado (dia 10) a secretaria do patrimônio da união entregou-me um certificado de reconhecimento pela contribuição prestada para a realização de atividades de regularização e reconhecimento da posse da terra de moradores ribeirinhos que moram em regiões isoladas nos altos Rios.

Eu havia recebido o convite para ser homenageado em uma solenidade em Rio Branco. Como não tive tempo de comparecer ao evento, a superintendência, por meio de seus servidores veio a Tarauacá fazer a entrega.

Agradeço a homenagem, todavia, entendo que o mérito não é meu. O mérito é do governo do estado e do governo federal que está chegando às regiões mais isoladas da Amazônia para conhecer os esquecidos que habitam as áreas mais longínquas da floresta e dizer que o Brasil e o Acre têm Governo

Música do dia

sábado, 10 de dezembro de 2011

MANOEL CUMARÚ É ELEITO NOVO PRESIDENTE DA FETACRE

Como antecipei ontem aqui no blog, o sindicalista e trabalhador rural Manoel Cumarú foi eleito o Novo presidente da FETACRE-Federação dos trabalhadores na Agricultura do Acre. A eleição da FETACRE aconteceu neste sábado dia 10.

Cumaraú iniciou sua militância sindical como delegado sindical na comunidade Socó, depois foi eleito presidente do sindicato dos trabalhadores Rurais de Tarauacá. Interrompeu o mandato no sindicato para fazer parte da direção executiva da Fetacre-e agora foi eleito para presidir a mais importante organização rural do Acre até 2015.

Desejo ao companheiro Cumarú e toda a diretoria eleita, muito sucesso na nova missão de representar todos trabalhadores e trabalhadoras rurais do Acre, na luta por desenvolvimento, justiça e dignidade para os que produzem a alimentação do nosso dia a dia.





Desejo prolongar até o amanhecer

11 de agosto em Chicago, Lennon com a guitarra na mão, levantou os olhos e antes dele foi outra figura com cabelos longos e sonhos de liberdade. Guevara não podia cantar, mas ele pegou uma guitarra e cantava, gritava canções mais sobre os oprimidos e as causas justas. João ouviu sem dizer uma palavra e Che fizeram como ele chegou.

Nem João nem Ernesto nunca comentou nada sobre esse encontro.Hoje sabe-se que a existência de segredo mini-concerto, e já alguns se aventuraram a dizer que finalmente esse encontro marcou a produção artística de John. Outros ouviram falar trechos dessas "músicas" Che "Revolution # 9" Álbum Branco dos Beatles.

- Com John Lennon e Che Guevara.
- Karine com Pimentel.

Sonhe Um Pequeno Sonho Comigo


Você mantém um copo derramando e você nunca muda o canudo
E agora cantando essa balada linda, aqui é... Mama Cass

Estrelas brilham em cima de você
Brisas noturnas parecem sussurrar "eu te amo"
Pássaros cantando no plátaro
Sonhe um pequeno sonho comigo

Diga boa noite e me beije
Apenas me abrace forte e me diga que você vai me perder
Quando estou sozinho, azul, como pode ser
Sonhe um pequeno sonho comigo

Estrelas desaparecem, mas eu permaneço, querida...
Ainda desejando o seu beijo.
Desejo prolongar até o amanhecer, querido,
Basta dizer isso

Doces sonhos até os raios de sol te encontrar
Doces sonhos que deixam todas as preocupações para trás
Mas em seus sonhos, quaisquer que eles sejam,
Sonhe um pequeno sonho comigo.

Estrelas desaparecem, mas eu permaneço, querida...
Ainda desejando o seu beijo.
Desejo prolongar até o amanhecer, querido,
basta dizer isso...

Doces sonhos até os raios de sol te encontrar
Doces sonhos que deixam todas as preocupações para trás
Mas em seus sonhos, quaisquer que eles sejam,
Sonhe um pequeno sonho comigo.


HORA DE PLANTAR

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

PARABÉNS AOS DIRETORES ELEITOS!


Escola Adelmar de Oliveira - nova diretora
Escola Valdina Torquato - novo diretor
Escola Rilza Daniel - reeleição
Escola José Augusto de Araújo - reeleito
Escola Eduardo Santos Morais - Releição
Escola 15 de Junho - novo diretor
Escola Almirante Barroso - reeleição

Escola Aucilene Calixto - novo diretor